O Chelsea venceu esta terça-feira o Maribor por 6-0, em jogo da terceira jornada do Grupo G, o do Sporting, da Liga dos Campeões.

José Mourinho não pôde contar com Diego Costa por questões físicas e apostou em Rémy para a frente de ataque. Depois de uma ou outra iniciativa com mais perigo por parte dos eslovenos, os Blues acercaram-se rapidamente da baliza contrária e chegaram ao golo precisamente por intermédio do francês. John Terry fez o passe de rotura, o ex-QPR fletiu da esquerda para o meio e rematou rasteiro, fazendo a bola entrar junto ao poste direito de Handanovic.

O treinador português ficou a ganhar, mas ficou sem o avançado, que se lesionou no movimento do remate e pediu a substituição. Entrou Drogba e seria o marfinense a assinar o segundo dez minutos depois, num penálti que castigou mão de Mertelj na área.

Terry

O conjunto britânico chegou ao quarto golo aos 54 minutos, com Mitja Viler a acertar na própria baliza. 

Os eslovenos falhariam um penálti, aos 64, a castigar falta cometida por Matic. Ibraimi acertou no poste da baliza à guarda de Petr Cech. E, ainda antes do fim, aos 77 minutos, sofreriam o quinto e o sexto. Os dois por Hazard. O primeiro de penálti, depois de Ivanovic ter sido derrubado na área eslovena. O segundo numa jogada incrível de habilidade do belga, que dominou, fintou e rematou de forma fantástica.