O russo, que falava em conferência de imprensa de antevisão do encontro, disse conhecer bem o adversário e não entra em comparações com o Lokomotiv de Moscovo, equipa que o treinador dos canarinhos, José Couceiro, treinou em 2011/12.

«São duas equipas diferentes, não pode haver comparação, por isso não se podem tirar conclusões. Esta é a terceira jornada do grupo. É uma ronda muito importante porque todas as equipas têm pontos, menos no Panathinaikos, mas vamos jogar para ganhar», garantiu.

Para Stanislav Cherchesov, o facto de ter havido várias paragens no campeonato russo não é alarmante uma vez que a maioria futebolistas mantiveram o ritmo competitivo ao alinhar pelas respetivas seleções.

O médio equatoriano Cristian Noboa alertou para os principais atributos da equipa portuguesa, que em casa «pressiona muito e joga rápido».

O Dínamo de Moscovo, líder do Grupo E da Liga Europa com seis pontos, defronta esta quinta-feira, às 20:05 horas, o Estoril-Praia, terceiro com três, em jogo da terceira jornada que será arbitrado pelo israelita Alon Yefet.