Ainda não foi desta que Gennaro Gattuso conseguiu ganhar como treinador do AC Milan. À segunda tentativa, uma derrota, se bem que sem consequências graves. Os italianos já estavam qualificados para a próxima fase da Liga Europa e a visita a Rijeka serviu para cumprir calendário e pouco mais.

Seja como for, Gattuso voltou a ver a equipa a jogar mal e a mostrar uma incapacidade assustadora no ataque. Um ataque que teve André Silva (90 minutos), como tem tido sempre nesta prova, ao lado do menino Cutrone. O português pouco apareceu e o italiano falhou de forma escandalosa um golo aos 74 minutos, de cabeça.

Em Rijeka, Puljic inaugurou o marcador aos 7 minutos, num excelente remate, muito colocado, e o 2-0 surgiu aos 47, com Gavranovic a finalizar um lance estranho, cheio de ressaltos.

Apesar da vitória, o Rijeka fica de fora da Liga Europa. Ao AEK Atenas bastou um ponto em Viena para acabar em segundo neste Grupo D.

Hélder Lopes e André Simões jogaram os 90 minutos no terreno do Austria, com a equipa da casa a ter Kevin Friesenbichler (ex-Benfica) na posição-9. O 0-0 foi suficiente para os gregos.

CLASSIFICAÇÃO FINAL DO GRUPO D:

1. AC Milan, 11 pontos

2. AEK, 8 pontos

3. Rijeka, 7 pontos

4. Austria Viena, 5 pontos