O crescimento é explicado com o aumento das receitas relacionadas com patrocínios. No exercício anterior o lucro tinha sido de apenas 180 mil euros, aproximadamente.

No que diz respeito à arbitragem, a liga portuguesa gastou com a arbitragem pouco mais de 3,2 milhões de euros na última época, despesa que corresponde a cerca de um quarto dos 12,2 milhões de receitas totais na época 2007/08, escreve a Lusa.

Para saber mais, clique aqui