Siga com o Maisfutebol todas as incidências do Estoril-Tondela, neste domingo a partir das 16 horas

 

O MOMENTO

Estoril: a equipa da linha vem de duas derrotas consecutivas para o campeonato mas contra equipas de um… campeonato diferente (FC Porto e Sp. Braga). Agora, contra o «aflito» Tondela, a formação de Fabiano Soares quer regressar aos triunfos para ficar cada vez mais próxima dos tais 30 pontos que costumam garantir a permanência. Se por um lado não se respira um ar de crise na Amoreira, convém dizer, porém, que também que não há motivos para relaxamento: é que os lugares de descida estão a cinco pontos.

Tondela: a temporada de estreia dos viseenses está longe de corresponder às expetativas: por lá passaram três treinadores mas a mudança ficou-se por aí. O Tondela é o «lanterna vermelha» da Liga e só mesmo um plot twist no final da trama poderá salvar os homens de Petit, que somam dez pontos e estão à mesma distância da salvação. Outro resultado que não a vitória na Amoreira é meio caminho andado para os «cuidados paliativos».

 

AUSÊNCIAS

Estoril: Tijane (condicionado);

Tondela: Luís Tinoco (lesionado).

 

DISCURSO DIRETO

Todos os jogos são complicados, o Tondela é uma equipa bem treinada, um bom conjunto, tanto que conseguiu empatar em casa do líder Sporting. O Petit tem tentado tirar o melhor dos jogadores, é uma equipa competitiva, que disputa o jogo do primeiro ao último minuto, estão a competir bem, como o treinador quer», Fabiano Soares

 

A equipa ainda não atirou a toalha ao chão, e nunca vai atirar, enquanto eu aqui estiver. Temos de ter dignidade no que fazemos, respeito o clube e a nós próprios. E saber que ainda há muito campeonato pela frente. Temos 13 jogos e cada jogo tem de ser uma final», Petit

 

HISTÓRICO DE CONFRONTOS:

As duas equipas só se defrontaram por uma vez em toda a história. Aconteceu na primeira volta do campeonato, em Tondela, onde os estorilistas levaram a melhor por 1-0, com um golo de Leo Bonatini aos 78 minutos.

 

ONZES PROVÁVEIS

Estoril:

 

Outros convocados: Georgemy e Rúben Díonisio; Diakhité; Anderson Esiti e Babanco; Michael, Mendy e Dieguinho.

 

Tondela:

 

Outros convocados: lista não divulgada