Findo o principal campeonato de 2017/18, o Sporting somou a 16.ª temporada consecutiva sem conseguir vencer a Liga e está a apenas uma de igualar o recorde de seca da sua história no principal escalão do futebol português.

A equipa verde e branca não vence o título nacional desde a época 2001/02 e volta a acrescentar mais uma época a esta série, na terceira tentativa de Jorge Jesus no comando técnico de Alvalade.

O registo em vigor torna-se o terceiro de forma isolada entre os três grandes, sem qualquer Liga conquistada. Pior, só a seca leonina de 17 épocas de 1982/83 a 1998/99 - que pode ser igualada se não houver título em 2018/19 – e o recorde de 18 épocas do FC Porto, de 1959/60 a 1976/77.

Nas últimas 16 épocas, o Sporting ficou seis vezes em segundo lugar, sete no terceiro posto, duas em quarto e uma em sétimo.

Neste período, só em 2006/07 e 2015/16 é que os leões chegaram à última jornada com hipóteses de vencer a Liga, mas sem depender de si: acabaram por ver, respetivamente, FC Porto e Benfica festejar.

As maiores secas dos três grandes:

1.º: FC Porto: 18 (1959/60 a 1976/77)

2.º: Sporting: 17 (1982/83 a 1998/99)

3.º: Sporting: 16 (em vigor, desde 2002/03)

4.º: FC Porto: 15 (1940/41 a 1954/55)

5.º: Benfica: 10 (1994/95 a 2003/04)