Rui Vitória vai cumprir este sábado o seu 150º jogo como treinador do Benfica quando está a chegar ao final da sua terceira temporada. Na realidade, o treinador esteve no banco em apenas 145 jogos, uma vez que falhou um jogo da Liga dos Campeões e outros três na Liga, todos na temporada 2016/17, por castigo. Um percurso rico com seis títulos conquistados até ao momento: duas Ligas, duas Supertaças, uma Taça da Liga e uma Taça de Portugal.

Um percurso que começou longe do Estádio da Luz, no Algarve, a 9 de agosto de 2015, que também serviu de batismo para Jorge Jesus, o seu antecessor, no Sporting. Foi na disputa da Supertaça que os leões acabaram por vencer com um golo solitário de Téo Gutiérrez.

Nessa primeira temporada, em 2015/16, Rui Vitória acumulou 52 jogos, caindo também na Taça de Portugal, na segunda eliminatória, aos pés do Sporting (1-2), mas acabando a temporada em festa, com a vitória na Taça da Liga, com vitória sobre o Marítimo (6-2), na final, e conquistando o «tri» com 29 vitórias, um empate e quatro derrotas. Na Liga dos Campeões, foi até aos quartos de final, passando a fase de grupos e, depois, o Zenit, antes de cair aos pés do Bayern Munique.

Na temporada seguinte, em 2016/17, fez mais dois jogos do que na primeira. Começou por ganhar a Supertaça ao Sp. Braga (3-0), depois caiu na meia-final da Taça da Liga, diante do Moreirense, mas vencendo a Taça de Portugal com um triunfo sobre a sua antiga equipa, o V. Guimarães (2-1), já depois da festa do «tetra», com 23 vitórias, 7 empates e apenas uma derrota. Foi nesta temporada que Rui Vitória falhou quatro jogos. A começar pelo primeiro da Liga dos Campeões, depois de ter sido expulso no último da época anterior, diante do Bayern. Depois mais três na Liga na sequência da expulsão na meia-final da Taça da Liga.

Esta temporada será seguramente a época que o treinador do Benfica vai fazer menos jogos, uma vez que chegou a dezembro apenas a disputar a Liga. Começou novamente por vencer a Supertaça, com novo triunfo sobe o Vitória (3-1), mas não passou da fase de grupos da Taça da Liga e caiu nos oitavos de final da Taça de Portugal, diante do Rio Ave (2-3, ap). A Liga dos Campeões também foi um autêntico fiasco, com seis desaires na fase de grupos. Na Liga, o Benfica perdeu a liderança na última ronda, no clássico diante do FC Porto, mas como disse o treinador, no final desse jogo, «ainda não acabou».

Três épocas e seis títulos conquistados: o campeonato e a Taça da Liga em 2015/16; o campeonato, a Supertaça e Taça de Portugal em 2016/17; e a Supertaça em 2017/18.

Este sábado, o treinador completa o jogo 150, no Estoril e até pode festejar o número redondo no primeiro lugar, tendo em conta que o líder FC Porto só joga na segunda-feira.

Os jogos do Benfica no reinado de Rui Vitória

Época/Competição Supertaça Taça da Liga Taça de Portugal Liga Liga Campeões Total
2015/16 1 5 2 34 10 52
2016/17 1 4 7 34 8 54
2017/18 1 3 3 30 6 43
Total 3 12 12 98 24 149 jogos