António Fiúza exigiu outro tipo de atitude aos jogadores do Gil Vicente, não pondo em causa o trabalho do treinador. O líder máximo dos barcelenses prometeu aos jogadores que no mercado de transferências de janeiro o plantel vai sofrer alterações, um sinal claro da insatisfação do presidente do clube.

O Gil Vicente carrega neste momento a lanterna vermelha da Liga, não sabendo ainda o que é ganhar. Em oito jornadas os gilistas somaram apenas dois pontos, fruto de igual número de empates conseguidos em Paços de Ferreira e em casa, diante do Estoril.