O Benfica solicitou à Comissão de Instrutores da Liga a abertura de processos disciplinares a quatro jogadores do Sporting: Rui Patrício, Mathieu, Fábio Coentrão e Coates.

Em causa estão lances registados no dérbi do passado sábado, da 33ª e penúltima jornada da Liga, que as «águias» entendem serem merecedores de autos de flagrante delito.

O Benfica queixa-se de um lance entre Rui Patrício e Rafa (7m) - no qual o jogador encarnado atira ao poste -, de uma pisadela de Mathieu a Fejsa (45m), de um lance em que Coentrão agarra o pescoço de Samaris (65m) e apontam ainda uma pisadela de Coates a Zivkovic (78m).

Com recurso às imagens da transmissão televisiva, o Benfica entende que estes quatro lances são passíveis de sanção disciplinar por parte da Conselho Disciplinar da Federação Portuguesa de Futebol, após análise inicial da Comissão de Instrutores.

Recorde-se que o dérbi do passado sábado já motivou um auto de flagrante delito: o Conselho de Disciplina decidiu abrir um processo a Rúben Dias por causa de um lance em que o jogador do Benfica atinge a face de Gelson Martins, do Sporting, com o cotovelo.

O caso foi remetido para a Comissão de Instrutores da Liga, que faz a instrução do processo e depois o devolve ao Conselho de Disciplina, com uma sugestão de decisão.