FIGURA: Amilton

Portento físico no lado direito do ataque do Desp. Aves, a cotar-se como o elemento mais perigoso da equipa de José Mota. Os lances de maior frisson dos avenses passaram, invariavelmente, pelos seus pés e pela sua velocidade. Tirou vários cruzamentos perigosos para o coração da área do Marítimo. Foi caindo de rendimento, mas ainda assim foi dos mais esclarecidos e incisivos em campo.

MOMENTO: perigo de Joel Tadjo (69m)

Lance mais perigoso do encontro. Joel Tadjo, muito possante mas pouco prático neste jogo, apareceu em boa posição na área, driblou um adversário e colocou-se em posição e remate, mas a bomba que saiu do seu pé esquerdo não teve a melhor direção e acabou por embater no corpo do destemido Adriano Facchini. Podia ter feito mais o avançado.

OUTROS DESTAQUES

Falcão

Prestação musculada e cerebral no meio campo da equipa do Desp. Aves. Tentou dar critério à construção de jogo dos locais, conferindo ao mesmo tempo equilíbrio à equipa. Importante a defender e também a atacar.

Zainadine

Destacou-se pela solidez que deu ao setor mais recuado do Marítimo. Assertivo na manobra defensiva, sem cometer erros, tentou dar expressão ofensiva com lançamentos longos para o ataque, ainda que nem sempre com as medidas certas.

Carlos Ponck

Muito forte nos duelos, anulou o possante Joel Tadjo com personalidade. Abordou todos os lances com afinco, jogando em antecipação e dando pouca margem de manobra ao ataque da equipa que viajou da Ilha da Madeira.

Ricardo Valente

Dos que mais tentou remar contra a maré no ataque do Marítimo. Sempre irrequieto, ainda que sem grande caudal ofensivo, tentou criar espaços e arranjar condições para chegar a zonas de finalização ou servir os colegas.