O penálti transformado em golo por Sérgio Conceição foi anulado pelo árbitro, mas o treinador do FC Porto reagiu à situação com bom humor. No final da partida, Conceição disse que o lance foi celebrado como um golo e soube a golo. Apesar da decisão do VAR. 

«Para nós foi como se fosse golo (risos). Realmente ele [Sérgio Oliveira] escorrega, mas ainda não vi as imagens. As famílias e os filhos estão cá, há uma confusão enorme nos corredores e ainda não consegui ver as imagens do jogo.»

[sobre o que falta da Liga]

«Estamos confiantes, como estávamos. Há sete jogos bastante difíceis, vai ser uma luta jogo a jogo. Há consciência do que há pela frente e das dificuldades. Continuamos no primeiro lugar. Os pontos de vantagem, dois ou cinco… enfim, falta muito ainda e estamos serenos. Há confiança e um espírito fantástico.»

[sobre as trocas entre Otávio e Ricardo]

«Começámos com o Ricardo a partir do corredor central, com movimentos de dentro para fora. E o Otávio e Brahimi a fazer o contrário. Senti que o Otávio não estava muito no jogo, queria que ele tivesse mais bola e troquei-o com o Ricardo. Na altura em que o Marega estava bem fazíamos muito bem essa dinâmica. O Ricardo esteve bem nas duas posições, e o Otávio, menos brilhante do que noutros jogos, tentou cumprir com o que lhe pedi.»