SIGA O DESP. AVES-V. SETÚBAL ÀS 20 HORAS DE SEXTA-FEIRA NO MAISFUTEBOL

MOMENTO

Desp. Aves: as duas deslocações consecutivas, ao Estádio da Luz e ao D. Afonso Henriques, resultaram em duas derrotas que puseram um travão na recuperação dos avenses. Com José Mota ao comando, depois de perder no primeiro jogo, a equipa das Aves esteve seis jogos sem perder e quatro sem sofrer golos. Um bom momento que, ainda assim, não proporcionou um salto na tabela classificativa. Na última jornada o Desp. Aves perdeu diante (2-1) do V. Guimarães.

V. Setúbal: apenas um triunfo nos últimos quatro jogos é o cenário com que os sadinos se apresentam nas Aves numa época sofrível. Ainda sem qualquer triunfo fora de portas esta temporada em jogos da Liga, os sadinos empataram a uma bola na receção ao Portimonense na última jornada e antes disso foram derrotados pelo Marítimo (4-2). Em treze deslocações o V. Setúbal soma apenas quatro pontos, fruto de quatro empates.

INDISPONÍVEIS

Desp. Aves: Carlos Ponck (castigado) e Vítor Gomes (condicionado).

V. Setúbal: Djaló (lesionado) e André Sousa (ao serviço da seleção sub-21).

DISCURSO DIRETO

José Mota (Desp. Aves): «Vai ser um jogo extremamente difícil, talvez cauteloso, espero que não seja em demasia, porque as duas equipas têm capacidade para proporcionar um bom espetáculo. Temos de ser organizados, inteligentes e respeitar muito o adversário, que tem grande tradição no futebol português e que luta pelos mesmos objetivos que o Aves. Queremos fazer um jogo à imagem do que temos feito».

José Couceiro (V. Setúbal): «É evidente que é um jogo difícil. Além disso, este ganha contornos diferentes por ser a sete jornadas do fim da prova e por as equipas terem a mesma pontuação. Vamos disputar o jogo para somarmos os três pontos que pretendemos e necessitamos. Vamos defrontar um Desportivo das Aves mais confiante. É uma equipa com qualidade e tem um treinador experiente, mas o mais importante é olharmos para nós».

HISTÓRICO DE CONFRONTOS

Os sadinos costumam dar-se bem nas deslocações ao terreno do Desp. Aves, tendo vantagem no que ao histórico de confrontos diz respeito. Num total de seis jogos disputados entre os dois emblemas na Vila das Aves, o V. Setúbal soma três triunfos, enquanto que o Desp. Aves soma apenas das vitórias, registando-se ainda um empate. Na primeira volta o Desp. Aves venceu no Bonfim com um golo de Falcão. A última visita do V. Setúbal às Aves resultou num triunfo sadino, em 2006.

EQUIPAS PROVÁVEIS

Desp. Aves

V. Setúbal