Estoril e Belenenses entram em campo este sábado, às 20h30. ACOMPANHE O JOGO DA RONDA 23 AO MINUTOS, AQUI.

MOMENTO:

Estoril: a equipa de Ivo Vieira somou por vitórias os últimos três embates. Esse registo é o melhor da presente temporada. Um triunfo permitirá aos canarinhos descolar dos lugares perigosos da tabela e aproximarem-se dos primeiros dez lugares. Quiçá, uma posição dentro dos top-10 será mais condizente com o valor do plantel do Estoril.

Belenenses: quase quatro meses (!) sem vencer, deixa-os os azuis do Restelo na 13.ª posição com 21 pontos, apenas três acima do Moreirense, o primeiro clube em zona de despromoção. Silas prometeu inverter o ciclo negativo – dois empates nos jogos – mas essa promessa rapidamente se esfumou. Seguiram-se dois desaires pesados, o último no Restelo por 5-2. Será preciso um Belenenses de cara lavada para sair da Amoreira com pontos.

AUSÊNCIAS:

Estoril: Kléber e Lucão, lesionados.

Belenenses: Muriel e Tandjigora, lesionados.

DISCURSO DIRETO:

Ivo Vieira: «Sabemos que vimos de uma série boa, mas precisamos de continuar focados no objetivo e no que é o jogo, não esperando facilidades do nosso opositor. Por força desses resultados, virão mais focados neste jogo e quero alertar que vai ser um jogo de grau de dificuldade elevado. Temos de dar continuidade. Os resultados que estão para trás já passaram.»

Silas: «O jogo vai começar 0-0 e onze jogadores contra onze. Estamos a três pontos do último lugar, mas também estamos a três do meio da tabela. O Estoril também esteve treze jogos sem ganhar e agora ganhou três seguidos. Há equipas muito piores do que nós. Não noto qualquer ansiedade dos jogadores no treino, mas é normal que possa haver.»

HISTÓRICO DE CONFRONTOS:

43 jogos entre os dois emblemas no principal escalão do futebol português, com supremacia clara para o Belenenses. O clube da Cruz de Cristo venceu em 20 ocasiões contra apenas oito triunfos do Estoril. Pelo meio registaram-se 15 empates. Em jogos disputados no António Coimbra da Mota, o cenário mantém-se, embora com menor vantagem para o Belém: oito vitórias, cinco derrotas e oito empates. Apesar da vantagem histórico, o Belenenses não vence na Amoreira desde outubro de 2014.

EQUIPAS PROVÁVEIS:

Estoril:

Outros convocados: lista não divulgada

Belenenses:

Outros convocados: lista não divulgada