FIGURA: Neto

Estreou-se a marcar no campeonato português com uma autêntica bomba a dar os três pontos ao Moreirense. Depois de já ter feito o gosto ao pé na Taça de Portugal, o brasileiro aproveitou uma bola perdida à entrada da área para encher o pé direito e, ao mesmo tempo, os pulmões do Moreirense de ar. Exibição bem conseguida no regresso ao meio campo, a impor o seu cunho na luta da zona nevrálgica do terreno.

MOMENTO: bomba de Neto (52m)

Ataque do Moreirense com mais um cruzamento a ser resolvido pelo setor mais recuado do Boavista. Só que a bola caiu à entrada da área, onde apareceu Neto pronto para encher o pé. Foi o que fez, posicionou-se em carreira de tiro e disferiu um potente remate sem dar hipóteses a Vagner.

OUTROS DESTAQUES

Tozé

O motor das movimentações ofensivas do Moreirense, estando em grande parte dos lances de perigo da equipa de Petit. Fez vários serviços a pedir uma melhor execução no remate por parte dos colegas.  

Mateus

A sua entrada confunde-se com o melhor momento do Boavista, que passou a correr atrás do prejuízo. O extremo deu mobilidade e criatividade ao ataque da equipa do Bessa, sendo dos mais irreverentes.

Jhonatan

Depois de ter enfrentado dois castigos máximos na última jornada, voltou a ter um confronto, esta ronda com David Simão. Grande estirada a suster o remate, a ser fulcral numa fase em que o Moreirense estava por cima no encontro.

Fábio Espinho

Dos mais regulares da turma boavisteira, tentando dar critério às movimentações ofensivas da equipa montada por Jorge Simão. Notabilizou-se na qualidade de passe.