Ricardo, capitão do Paços de Ferreira, considerou esta sexta-feira «muito importante» vencer no domingo o Vitória de Setúbal, após o resultado menos positivo diante do Estoril, com vista ao objetivo da manutenção.

«É um jogo muito importante e que queremos vencer. Vimos de um resultado menos conseguido e queremos retomar o caminho das vitórias, para conseguirmos rapidamente os pontos que nos garantam o mais cedo possível a permanência», disse o central, à margem da visita a uma escolha do concelho vizinho de Lousada, juntamente com Diego Medeiros.

Ricardo recuou ao encontro da jornada passada, na Amoreira, para lamentar a intermitência de resultados da equipa.

«Foi um pouco frustrante, porque vínhamos de um jogo muito conseguido frente ao Vitória de Guimarães e de uma segunda parte de excelência diante do Sporting. Queríamos dar continuidade, mas não conseguimos retomar esse caminho», sublinhou, garantindo no entanto que a situação interna «não afeta a confiança da equipa».

Já Diego Medeiros, reforço de inverno dos pacenses, falou da fácil adaptação ao clube e da competitividade do principal escalão.

«O ritmo de jogo é a principal dificuldade, na II Liga há mais contacto e o jogo é mais pausado. Tive uma boa estreia [entrou aos 58 minutos do jogo com o V. Guimarães], fui super bem recebido por todos e espero em breve estar ao nível do que fiz no Famalicão. Havia outros clubes interessados e a minha vinda para a Liga já podia ter acontecido mais cedo, mas o Paços foi aquele que mostrou mais interesse. É um bom clube, tem uma boa estrutura e ao longo dos anos tem revelado bons avançados», indicou.