João Henriques, treinador do Paços de Ferreira, em declarações na sala de imprensa do estádio Capital do Móvel, após a igualdade a uma bola frente ao Belenenses, em jogo da 31.ª jornada da Liga:

[Dois lances na área do Belenenses nos instantes finais]:

«De imediato vimos a repetição no banco. Pedimos ao árbitro para ir ver as imagens, mas ele não teve dúvidas. A bola bateu duas vezes na mão dos jogadores do Belenenses. Tem de se tirar as dúvidas. Um jogador e um diretor foram expulsos por terem pedido ao árbitro para consultar o VAR.

Em quatro minutos de compensação jogaram-se trinta segundos. É inacreditável que na era do VAR, a tecnologia não seja utilizada. Considero que é uma decisão errada não ir tirar a dúvida. Até podemos não ter razão, só pedimos para tirarem as dúvidas. Por vezes, tiram as dúvidas, outras vezes não. Tirem a dúvida, é o que nós pedimos. A minha impressão é que há falta sobre o Pedrinho no lance do golo do Belenenses. Repito, pedimos que tirem as dúvidas. Se temos ou não razão, isso é outra coisa.»

«Tivemos quinze minutos bons. Criámos duas ou três situações de finalização, uma bateu na trave a outra concretizámos. Depois a ansiedade apoderou-se dos meus jogadores, não era o que queríamos. Queríamos dominar o jogo e chegar a zonas de finalização, mas perdemos o controlo. Antes do intervalo o Belenenses aproximou-se da nossa baliza, embora não tenha criado ocasiões para marcar. Na segunda parte, quando estava decorrido um minuto, o Belenenses foi à nossa baliza e marcou. A partir daí, o Paços de Ferreira cresceu e dispôs de inúmeras situações para marcar. O Paços de Ferreira não foi feliz.

Temos mais um ponto do que tínhamos no início da jornada e dependemos só de nós. Estamos preparados para ir buscar pontos ao Estádio do Bessa.»

[Exibição de Luiz Phellype]:

«É um dos jogadores que está bem. A equipa consegue adaptar-se às suas características. É bom para o Paços de Ferreira ter dois avançados como os que tem nos 18 convocados e ainda ter o Rabiola de fora. Juntos, vamos conquistar os pontos necessários.»