Paços de Ferreira e Marítimo defrontam-se este sábado, ás 18h15. ACOMPANHE O JOGO AO MINUTO AQUI.

MOMENTO:

Paços de Ferreira: sete jogos sem vencer, a cauda da tabela da Liga no horizonte precipitaram demissão de Petit. Em fase de transição, enquanto João Henriques não assume o comando da equipa, será o interino Filipe Anunciação a liderar os castores. Que efeito momentâneo terá a mudança? Tem a palavra os jogadores. Impera a necessidade de pontuar para fugir aos últimos lugares.

Marítimo: três derrotas consecutivas são o pior ciclo da época para a equipa de Daniel Ramos até ao momento. Apesar de não ter somado qualquer ponto nos últimos três encontros, o emblema insular mantém a quinta posição, agora em igualdade com o Rio Ave. Uma vitória permitirá deslocar da concorrência na luta pelo 5.º posto.

AUSÊNCIAS:

Paços de Ferreira: Welthon e Filipe Ferreira, ambos lesionados.

Marítimo: Pablo, Edgar Costa e Fábio China, ambos lesionados.

DISCURSO DIRETO:

Filipe Anunciação: «Depois do «funeral» a vida continua. É preciso arrepiar caminho e conquistar pontos. A ideia presente vai ser a que o mister Petit deixou, não vai haver muitas mudanças. A situação não é a melhor, mas temos de enfrentar, e o problema não é tão grande assim.»

Daniel Ramos: «Nas mudanças há sempre dúvidas e para os dois lados. Neste momento, não sei qual é a equipa do Paços que vai jogar, de que forma o Paços vai abordar o jogo. O que eu disse à equipa foi para nos prepararmos para qualquer cenário, independentemente do onze do Paços.»

HISTÓRICO DE CONFRONTOS:

39 embates entre as duas equipas no principal escalão do futebol português. Ligeira supremacia para o Paços de Ferreira: 13 vitórias contra 11 do Marítimo. Pelo meio registaram-se 15 empates. Em jogos disputados na Capital do Móvel, acentua-se a superioridade pacense: 10 vitórias contra apenas um par de desaires. Houve ainda sete empates. Saliente-se que a última vitória do Marítimo na Mata Real data de 21 de dezembro de 2005. 

EQUIPAS PROVÁVEIS:

Paços de Ferreira:

Outros convocados: Mário Felgueiras, Marco Baixinho, João Góis, Gian Martins, Vasco Rocha, Hêndrio e Luiz Phellype.

Marítimo:

Outros convocados: Amir, Nanu, Fabrício, Jean Cléber, Gamboa,  Ghazaryan e Everton.