Jorge Jesus, treinador do Sporting, em declarações à Sport TV após a vitória na Mata Real:

«Na Mata Real não é fácil ganhar. O jogo foi competitivo e disputado. Fomos uma equipa a defender bem e esperámos pelas oportunidades. O Paços tem uma oportunidade de golo na primeira parte, mas controlámos bem o jogo. Sofremos um golo de canto, com a minha equipa desposicionada, desconcentrada e a passo.»

«Foi importante recuperar pontos ao Porto. A vitória foi suada e difícil. O Paços não é uma equipa fácil de parar.»

[sobre as substituições]

«O Acuña já tinha um amarelo e os sul-americanos discutem por tudo e por nada. Ele ainda pensa que está na Argentina. Meti o Bryan Ruiz, apesar de ainda não ter ritmo. Sabe os momentos do jogo e tem qualidade com a bola. Mesmo assim tivemos alguns jogadores abaixo, principalmente o Bruno Fernandes. Tem a ver com o jogo da Champions.»

[sobre o empate do FC Porto]

«O principalmente é ganhar. Isso é que agita o balneário. Se não ganhássemos hoje, o empate do Porto não valia de nada.»