FIGURA: Tozé

O mais extrovertido da equipa do Moreirense, a quem os colegas fazem a bola chegar com mais recorrência. Não tem medo de ter o esférico, nem de assumir riscos e isso nota-se pela forma como tem jogado. Atravessa um bom momento, apontou o terceiro golo da época ao converter o castigo máximo e atirou uma bola ao travessão. Boa prestação do médio de 24 anos cedido pelo V. Guimarães, foi quem mais remou contra a maré.

MOMENTO: golo de Dráusio (30m)

Momento de inspiração do central do Marítimo, a estrear-se a marcar com a camisola do Marítimo. Aproveitou uma segunda bola na sequência de um canto, mesmo de costas para a baliza foi prático e atirou de pontapé de bicicleta. Remate forte a bater Jhonatan e a empatar o encontro. Belo momento de futebol.

OUTROS DESTAQUES: confira a FICHA DO JOGO

Zainadine

Num Marítimo com dificuldades em ter bola e obrigado a trabalhos redobrados na defesa, o moçambicano apareceu várias vezes a limpar com a sua capacidade física aquilo que o coletivo não ia conseguindo resolver. Jogo voluntarioso e de luta com muitos duelos ganhos.

Abarhoun

Jogador de campo com mais minutos no Moreirense, o defesa central marroquino rubricou uma exibição sem mácula, muito eficiente. Esteve forte na marcação, lendo jogo e jogando em antecipação, resolvendo com simplicidade lances que poderiam revelar-se mais perigosos.

Edgar Costa

Alguns lances fugazes, a conduzir o esférico tentar contra a maré, fazem do capitão do emblema insular. Muito combativo, o jogador de trinta anos cavou várias faltas e fez por contemporizar o jogo ofensivo do Marítimo.

Alfa Semedo

Muito forte no meio campo, o médio natural da Guiné-Bissau regressou ao onze, sendo o responsável pelo auxílio à defesa e, ao mesmo tempo, pela primeira fase de construção ofensiva. Esteve bem em ambas as situações. Acabou a jogar a central face à expulsão de Hichem.