FIGURA: Cadiz

Não tem sido opção regular no ataque do Moreirense, esta noite substituiu Peña a reclamou por mais oportunidades. Eficácia máxima. Acreditou e pressionou a ponto de provocar o erro a Douglas no primeiro golo do Moreirense e traçou depois o contragolpe que deu o segundo. Não teve muita bola, mas lutou entre os centrais e quando teve espaço fez por criar perigo. Prestação muito proveitosa, provavelmente a melhor com a camisola do Moreirense.

MOMENTO: erro de Douglas (17m)

O Vitória não esbanjava confiança face à dificuldade em articular jogo, o experiente guarda-redes tornou tudo mais difícil. Bola controlada, demora em demasia a bater o esférico, pontapeando quando Cadiz estava em cima do lance. A bola embateu e Cadiz e foi para a baliza do V. Guimarães. Um brinde demasiado caro.

OUTROS DESTAQUES

Neto

Um poço de força no meio campo do Moreirense. Muito pressionante, a limitar o jogo da equipa de Pedro Martins. A sua intensidade foi crucial a servir de tampão e também a montar as respostas rápidas.

Raphinha

A noite não foi propriamente de inspiração, ainda assim é um elemento que se destaca e que consegue fazer a diferença. Está nos lances de maior perigo da equipa do V. Guimarães e apontou o golo. Insuficiente.

Abarhoun

Mais uma exibição muito segura no último reduto da equipa de Moreira de Cónegos. Muito forte a atacar a bola e na abordagem aos lances, sendo lúcido mesmo nos momentos de maior aperto na sua área.

Rafael Martins

Entrou bem no encontro, deu músculo e mais presença ao ataque do Vitória de Guimarães com muita luta ao lado de Tallo. Está no lance do golo, ao disputar a bola que acabou em Raphinha para o brasileiro marcar.