A seleccionadora nacional de futebol, Mónica Jorge, foi a convidada desta edição. A treinadora usou um microfone durante a participação de Portugal no Mundialito e admitiu que se conteve na linguagem, por saber que estava a ser gravada. «Já estou a ficar passadinha de todo», exclamou na hora do desabafo. Os homens parecem ser menos contidos, ou esquecem-se das câmaras.

Depois foi altura de comentar o sorteio da Champions e das possibilidades de o F.C. Porto seguir para as «meias», tendo pela frente uma equipa como o ManUtd. Um momento em que Mozer lembrou que ganhou a aposta feita com Pedro Ribeiro no último programa. O antigo defesa apostou que o Liverpool ia derrotar o Manchester, por 1-0. Só falhou no resultado.

Num tom mais sério, sem ser pesado, porque o futebol é suposto divertir, falou-se da final da Taça da Liga e comentaram-se as conferências que juntaram Quique Flores/Paulo Bento e Moutinho/Nuno Gomes. A opinião unânime é que o treinador do Sporting tem alguma razão. «Penso que se está a pensar mais em massacrar quem vai perder do que em elogiar quem vai vencer», referiu.

A convocatória de Carlos Queiroz para o jogo com a Suécia também foi falada. Os suecos vêm ao Dragão sem Ibrahimovic, castigado. Pedro Ribeiro não conteve um: «Uh! Uh!» Talvez por se lembrar que o avançado do Inter é um dos melhores jogadores da actualidade.

Mas quem será o melhor jogador do mundo? Aquele que se destaca dos outros? Mónica Jorge hesitou, mas respondeu com firmeza: «Messi.» Uma opinião partilhada por todos.

Mónica Jorge no F.C. Porto?

Os leitores do Maisfutebol participaram enviando perguntas e comentários. Primeiro foram deixados elogios a Nuno Gomes, depois a Mónica Jorge. «Eu queria a Mónica a treinar o meu F.C. Porto» ou «a Mónica tem mais garra que o Jesualdo» foram alguns dos comentários que deixaram a seleccionadora embaraçada.

No «Quiz» estiveram frente-a-frente dois homens da ¿stand-up comedy», Aldo Lima e Francisco Menezes. O primeiro goleou, 4-1, mostrando ter melhor memória para as coisas da bola.

Reyes e Yannick Djaló tiraram fotos um ao outro, riram e falaram mais a sério do derby. Os dois jogadores não esconderam a vontade de vencer o troféu, mas antes de entrar em campo, pelo menos, imperou o fair-play.

Veja aqui o vídeo

Sexo no relvado. Ele era jogador do Dínamo Zagreb e ela modelo. Os namorados tinham uma fantasia, fazer amor em pleno campo, e colocaram-na em prática. Isso valeu a Dino Drpic uma transferência para a Alemanha e agora é mais conhecido que antes, quanto mais não seja pela situação que conduziu à sua saída para a Bundesliga. Pedro Ribeiro deixou o conselho: quem quiser mudar de clube trate de imitar o croata.

No «Bola na barra» tivemos um duelo entre suecas e portuguesas. As adversárias ainda assustaram, mas foram as jogadoras lusas que ganharam. A guarda-redes acertou em cheio.

Quase a terminar veio a «Pergunta da semana»: «Qual foi o último CD que comprou?» Ficámos a saber que Nélson, do Bétis, e Ruben Amorim, do Benfica, não compram. Mas não são os únicos. O último álbum dos U2 foi o CD mais comprado entre os desportistas questionados - Nuno Gomes, Moutinho, Jorge Jesus, Telma Monteiro, entre outros.

Foi assim o 4º programa do «Maisfutebol». Para (re)ver às 3h08 ou, algumas horas mais tarde, às 9h30.

Clique nos links laterais para conferir alguns dos vídeos do «Maisfutebol» na TVI24.