Manuel Cajuda, treinador do V. Guimarães, depois do triunfo sobre o Belenenses (3-1), no Estádio D. Afonso Henriques, em jogo da 21ª jornada da Liga:

«Foi o regresso esperado às vitórias, um regresso que era esperado há tanto tempo que vou comemorar com alegria. É importante que faça a apologia dos adeptos, porque sem os adeptos não estaríamos aqui a comemorar esta vitória e também agradeço aos adeptos ter uma oferta para fazer à minha mãe, à minha mulher e a todas as mulheres vimaranenses».

«Quero agradecer ainda aos jogadores que foram fortes, fantásticos e maravilhosos. O Belenenses na primeira parte cortou sempre os caminhos para a baliza, depois sofremos o golo na segunda parte e estivemos apenas dez minutos em desvantagem. Dá gosto ver um guarda-redes sofrer um golo daqueles, não é muito normal no Nison. Mas fomos sempre melhor equipa, sempre mais fortes. As coisas ficam agora mais tranquilas e estou muito feliz, sobretudo, pelos jogadores. A equipa fez um jogo muito bom, talvez dos melhores em casa esta época. Ganhámos e acabou o ciclo de derrotas».

«Há expectativa de recuperar o prestígio que perdemos ao longo da época e queremos preparar muito bem a próxima temporada. Há um jogo que pode definir muito ainda: o Nacional-FC Porto, na final da Taça, que pode aumentar as possibilidades. Também estamos a três pontos de algumas equipas que querem a Europa. Três pontos é só um jogo e ganhámos alguns pontos esta semana. Sem compromisso podemos ganhar alguma coisa, mas sobretudo ganhámos direito à tranquilidade».