O colombiano Fernando Gaviria venceu, esta quinta-feira, a 13ª etapa da Volta a Itália em bicicleta. Em mais uma chegada ao «sprint», o ciclista da Quick-Step Floors bateu a concorrência de Sam Bennett e de Jasper Stuyven tendo cumprido a tirada entre Reggio Emilia e Tortona em 3:47.45 horas.

Esta vitória, a quarta nesta edição do Giro, permitiu a Gaviria reforçar a liderança da classificação por pontos.

No topo da classificação geral manteve-se tudo igual. Tom Dumoulin (Sunweb) conservou a camisola rosa, com Nairo Quintana (Movistar) em segundo e Bauke Mollema (Trek-Segafredo) em terceiro.

No que aos corredores portugueses diz respeito, Rui Costa chegou integrado no pelotão, na 66ª posição e manteve o 14º lugar na geral. O campeão nacional de estrada, José Mendes terminou em 82º e subiu para 42º na geral enquanto José Gonçalves cedeu 3,09 minutos em relação ao vencedor da etapa e caiu para 72º na geral.

A 14ª etapa, prevista para este sábado, vai colocar novamente à prova os ciclistas com ambições na classificação geral individual. Numa ligação de 132 quilómetros, com início em Castellania e final da subida para o santuário de Oropa.

 

Classificação geral

1.º Tom Dumoulin (Team Sunweb), 47:22:07

2.º Nairo Quintana (Movistar Team), a 2:23

3.º Bauke Mollema (Trek-Segafredo), a 2:38

4.º Thibaut Pinot (FDJ), a 2:40

5.º Vicenzo Nibali (Team Bahrain Merida), a 2:47

6.º Andrey Amador (Movistar Team), a 3:05

7.º Bob Jungels (Quick-Step Floors), a 3:56

8.º Tanel Kangert (Astana Pro Team), a 3:59

9.º Domenico Pozzovivo (AG2R La Mondiale), a 4:05

10.º Ilnur Zakarin (Team Katusha Alpecin), a 4:17