«Para mim o melhor futuro será a melhor proposta financeira. Mas para já a minha cabeça está aqui, no Nacional. Do Lokomotiv ninguém me falou. Estou a viver um bom momento e quero estabilizar financeiramente», disse Nenê, que espera sentar-se e conversas nos próximos dias com as pessoas que tratam do seu futuro.

Sobre o suposto interesse do F.C. Porto e do Benfica, poucas palavras também. «É lógico que a ser verdade me enche de orgulho, mas o presidente do Nacional não me falou nada sobre isso.»

Para Nenê, o futuro imediato parece passar mesmo pela Choupana e o avançado nem quer ouvir falar em despedidas. Apesar da tal ambição financeira. «Foi este clube que me abriu as portas da Europa e não me posso esquecer disso.»