Luiz Felipe Scolari não está satisfeito com o plantel que tem à sua disposição. No seu entender, o Chelsea precisa de um jogador criativo, à imagem de Cristiano Ronaldo, no Manchester United, ou de Robinho no Manchester City.
«Faz-nos falta um organizador capaz de segurar a bola, de avançar com ela e dinamizar a frente de ataque. Só tenho jogadores que trabalham a bola», revela Scolari citado pelo «Daily Mail».
Tendo já perdido catorze pontos em casa, o antigo seleccionador de Portugal considera que um criativo seria muito útil contra as equipas que vão a Stamford Brigde jogar à defesa. No entanto, quer Scolari, quer o director-desportivo Peter Kenyon já disseram, por várias vezes, que não haverá dinheiro para transferências.
«Deco, Michael Ballack e Lampard são grandes rematadores, mas falta-me um tecnicista. Quando jogamos em casa, os adversários fecham-se muito, com muitos homens atrás. Isso dificulta muito o nosso jogo, sobretudo quando não se tem um organizador. Não vale a pena lamentar. Tenho de encontrar uma solução e é o que vou fazer», garante Scolari.