O Atlético venceu o Santa Clara, com um golo marcado no final da partida. Um penalty convertido por Artur Jorge Vicente, aos 90 minutos, permite que a equipa da Tapadinha siga em frente na Taça de Portugal. O conjunto da casa acabou por dominar a maior parte do encontro, pelo que o resultado se ajusta. Edmar e Gonçalo foram as figuras do jogo e a entrada de Artur revelou-se decisiva. A formação de António Pereira volta a causar sensação, ao eliminar uma equipa de um escalão superior.
A primeira parte ficou marcada pelo equilíbrio e ainda por um penalty falhado por Pedro Pereira. O jogo disputou-se muito a meio-campo e teve muitas faltas. Em alguns momentos, a equipa da casa apresentou algum ascendente. Quanto mais não seja porque lhe pertenceram as melhores oportunidades de golo, nomeadamente um penalty, aos 19 minutos.
Botelho entrou mal no jogo. O guarda-redes do Santa Clara foi o herói da última eliminatória da Taça, ao defender duas grandes penalidades, mas mostrou-se muito inseguro na Tapadinha. Ainda assim, depois de cometer falta sobre David, dando origem ao penalty, o guardião redimiu-se ao defender o remate de Pedro Pereira.
O Santa Clara entrou bem na segunda metade, mas depressa perdeu o «fôlego». Basílio assustou, com um cruzamento/remate, aos 49 minutos. A partir daí o Atlético assumiu o jogo e pressionou o conjunto açoriano. Notou-se alguma supremacia da equipa da casa, que não se traduziu em golos. O Santa Clara usou o contra-ataque, mas foram escassas as investidas ofensivas dos visitantes.
O jogo resolveu-se aos 90 minutos. Bruno Novo colocou a mão na bola, na área, e o árbitro assinalou mais um penalty. Desta vez foi Artur Jorge Vicente a bater e não perdoou, levando ao rubro o público presente no Estádio da Tapadinha.
V eliminatória da Taça de Portugal
Estádio da Tapadinha
Árbitro: Rui Costa
ATLÉTICO (4x4x2): Marco Gomes, Pedro Pereira, Ricardo Aires, Rolão, Júnior, Marco Bicho, Gonçalo (Rui Andrade, 74m), Lapinha, Edmar (Lula, 87m); David e Carlos Gomes (Artur Jorge Vicente, 46m).
Suplentes não utilizados: Paulo Grilo, João Pedro, Emanuel, Nuno Gaio.
Disciplina: cartão amarelo a Júnior, aos 30m
Treinador: António Pereira
SANTA CLARA (4x4x2): Botelho, Bruno Novo, Accioly, Anselmo, Nuno Sociedade, Livramento, Maurinho, Paulo Vinicius, Pietro, Basílio (Júlio César, 76m) e Hugo Henrique (Mateus, 56).
Suplentes não utilizados: Fernando, Siston, Gomes, Vítor Silva e Kall.
Disciplina: cartão amarelo a Botelho, aos 19m; Fernando, aos 23m; Maurinho, aos 83m; Bruno Novo, 89m; Vinícius, 90m.
Treinador: Paulo Sérgio
Ao intervalo: 0-0
Final: 1-0 (Artur Jorge Vicente, 90m g.p.)