Camacho, treinador do Benfica, não acredita que a derrota no clássico, frente aos portistas, vá afectar o rendimento da sua equipa no encontro com o Shakhtar Donetsk, da Liga dos Campeões. Aliás, segundo o espanhol, os encarnados terão mesmo de vencer para demonstrar o quanto valem: «Perdemos, mas o F.C. Porto também tinha perdido, por 1-4 [em Liverpool], e foi ganhar à Luz. Demonstrou que é uma grande equipa. Nós temos de fazer o mesmo. Se queremos demonstrar que somos uma grande equipa, temos de procurar uma vitória depois da derrota. Cada jogo é diferente e a cada jogo temos de procurar a vitória. Acreditamos que o esforço que estamos a fazer no relvado vai dar frutos no marcador.»
O técnico espanhol não pode contar com Cristian Rodriguez, habitual titular e um dos elementos que se tem destacado no plantel. Camacho não quis revelar quem vai ocupar a vaga deixada pelo uruguaio, mas garantiu que vai operar poucas mudanças na equipa: «Não vou dizer quem será o substituto. Posso não fazer só uma substituição. Posso fazer mais alguma alteração. Vamos mudar um jogador, mas não a maneira de jogar. Não é conveniente.»
O Shakhtar adiou o jogo que era para realizar este fim-de-semana, de modo a estar na sua máxima força frente ao Benfica. Um dado que foi desvalorizado por José Antonio Camacho: «70 horas são mais que suficientes para um atleta recuperar. Têm hoje e amanhã para descansar.»