«Ao longo deste ano de trabalho, concluímos que o Paulo Sérgio é a pessoa certa para estar no Paços. É um indivíduo que percebe o clube, no que são as suas potencialidades e limitações, e, sinceramente, apreciámos o seu trabalho, seriedade e competência», explicou Fernando Sequeira à Agência Lusa.