Paulo Sérgio e Manuel Machado, treinadores de Paços de Ferreira e Nacional da Madeira, respectivamente, comentaram desta forma o empate a dois golos na primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal. Declarações na flash interview da SportTV:

Manuel Machado: «O resultado deixa a eliminatória em aberto, não é um jogo com resultado conclusivo mas fica a ligeira vantagem para o nosso lado, face ao factor casa. Há uma ligeira vantagem, não determina nada. Nenê? As questões laborais são da responsabilidade do clube, sou um treinador contratado e quem tem de estar preparado para tomar essas decisões é o presidente Rui Alves. O Nenê é um bom jogador, tem dado um contributo importante.»

Paulo Sérgio: «Creio que o resultado deixa tudo em aberto, a eliminatória não está resolvida, somos uma equipa que sabe fazer golos e tenho a certeza que vamos fazer golos na Madeira. O que nos penaliza é a falta de eficácia neste jogo. Tivemos também um pontapé fantástico do Nenê no segundo golo do Nacional, nada a fazer. No primeiro, havia antes uma falta sobre o Ferreira. Penso que o Paços podia ter feito um resultado melhor hoje, mas queremos fazer história e só tenho elogios para este grupo de trabalho.»