Paulo Sérgio, treinador do P. Ferreira, chegou cauteloso à flash interview da SporTV após a goleada de 4-0 ao Leixões. O técnico elogiou a evolução da sua equipa, ao contrário de José Mota, desagradado pela desconcentração dos seus jogadores nos lances de bola parada.

Paulo Sérgio (treinador do P. Ferreira):

«Acredito no trabalho que estamos a desenvolver e no meu grupo. Cometemos muitos erros graves no passado, mas estamos a evoluir e cada vez mais confiantes. Hoje vencemos uma belíssima equipa e tudo isso valoriza a nossa vitória. Mas se não tivéssemos vencido não estávamos com o rabo entre as pernas. Não há tempo para festejos.»

José Mota (treinador do Leixões):

«Tem havido muita desconcentração. Principalmente nos lances de bola parada. Estivemos seis jogos sem sofrer golos e nos últimos três sofremos dez. Há muita coisa a melhorar. Quando se perde por 4-0 há que dar os parabéns ao adversário mas o resultado é demasiado pesado. Ainda enviámos uma bola ao poste pelo Chumbinho e o Braga também teve uma grande oportunidade nos pés. Estes resultados marcam. Temos de perceber o que se passa. Sabemos que temos qualidade. Todas as equipas passam momentos menos bons e agora tocou-nos a nós.»