«Não muda nada, ser uma final ou não. Os técnicos preparam todos os jogos para ganhar, eu preparo todos os jogos com esse objectivo. É o final de uma etapa, que estamos a preparar bem. Somos muito ambiciosos, queremos chegar bem ao final da época, vencer as competições, isso nunca muda», começa por dizer.

O treinador da equipa da Luz alongou o seu raciocínio. «O Sporting tem mais experiência em finais nos últimos anos, talvez tenha ligeira vantagem nesse aspecto, mas vamos tentar dissimular isso. É uma final, temos a ambição de triunfar. Os adeptos tenham ânimo, vamos lutar pelo título. Vamos lutar por um bom resultado, esperamos ter a fortuna, a inteligência, para alcançarmos o nosso objectivo», refere.

«Quando se vai para uma final, o que não se pensa é que o está para trás, quero recordar que aqui só estão estas duas equipas», atira Quique Flores. O técnico convocou todos os jogadores disponíveis para a viagem ao Algarve. Moretto foi o único elemento a permanecer em Lisboa, devido a lesão.

Ruben Amorim, David Suazo e Carlos Martins integram a lista de convocados apesar das limitações apresentadas no passado recente. Quique não abriu o jogo. «Não vou dar pistas ao adversário, temos todos convocados porque foi um esforço colectivo, o que fizemos para chegar aqui. Amanhã irão ver quem irá jogar», atira.