leões

«Os adeptos não mereciam o que se passou aqui. A mensagem a passar não serve de consolação, mas não fomos dignos da história do Sporting. Não se trata de pedir explicações [à equipa], mas sim de saber assumir as responsabilidades e nós estamos cá para fazê-lo», disse o dirigente, no final do encontro, esta terça-feira, na zona mista do Arena de Munique, salientando que, referindo-se a Miguel Veloso, «não houve factores exteriores que tenham interferido no jogo».

Sobre as «consequências» no seio do grupo leonino, Miguel Ribeiro Telles salientou que a expressão não era sua, mas que o mais importante é que «haverá sempre quem assuma as responsabilidades».

«O que aconteceu será tratado internamente e cá estaremos para assumir as responsabilidades, pois temos consciência que fomos nós que escolhemos esta equipa técnica e estes jogadores», concluiu o vice-presidente, que disse ainda acreditar que os jogadores jogam sempre com «entrega, determinação e respeito pelo emblema que representam».