«É fundamental vencer. Já não jogamos em casa há muito tempo e precisamos de ter alegrias, pois nem sempre basta jogar bem, temos de somar pontos», disse o técnico na conferência de imprensa de antevisão.

A derrota, a meio da semana, para a Liga Europa, frente ao Steaua de Bucareste (2-1), também trouxe notas positivas ao técnico. «Espero que possamos transportar aquilo que fizemos de bom em Bucareste. Viemos com a sensação de dever cumprido frente a um adversário com potencial. O grupo está triste pelo resultado, mas consciente que fez uma boa exibição».

Sobre o Penafiel, o treinador do Rio Ave considerou ser uma equipa em crescendo «que tem argumentos para criar dificuldades». «É uma equipa com jogadores experientes, que já jogam juntos há bastante tempo e que tem vindo a melhorar desde que o Rui Quinta assumiu o comando. Espero um adversário com grau de dificuldade e que, tal como nós, precisa de vencer».

O Rio Ave já não vence para o campeonato desde 1 de setembro, o que não parece preocupar Pedro Martins. «Estaria mais preocupado se a equipa não estivesse a produzir oportunidades. Temos conseguido criar situações de golo, mas tem faltado alguma confiança na finalização. Acredito que será algo pontual».