No site oficial, o emblema londrino revelou a saída de Gourlay, que chegou a Stamford Bridge em 2004 para o lugar de diretor de operações, tendo cinco anos depois sucedido a Peter Kenyon como diretor executivo dos blues.

«Depois de 10 anos de sucesso, o Chelsea anuncia a saída de Ron Gourlay para poder procurar novas oportunidades de negócio. O clube, e em particular o seu dono [Roman Abramovich] e os seus diretores, aproveitam para a agradecer a Ron todos os anos de serviço que deu ao Chelsea», lê-se no comunicado do clube inglês.

Como diretor executivo do Chelsea, Gourlay conquistou uma Liga dos Campeões, uma Liga Europa, um campeonato inglês e duas taças de Inglaterra.

Anteriormente, o empresário escocês já tinha passado pelo Manchester United e pela marca desportiva Umbro.

O Chelsea, atual líder da Premier League, é treinado pelo português José Mourinho.