«Estou recuperado. O mister já pode contar comigo. Agora depende dele se jogo ou não. Estava num momento bom. Foi pena a lesão. Agora é trabalhar», disse o jogador.

Utilizado quase sempre no lado direito do meio-campo, Rúben Amorim acabou por lesionar-se num dos poucos jogos em que alinhou na zona central. Muitos defendem que é aí que mais rende, mas o jogador afasta-se da discussão: «Jogo a médio, seja na direita ou no meio. Importante é ajudar a equipa.»

Seja em que posição for, Amorim quer, acima de tudo, voltar à equipa, ainda para mais quando se aproxima um jogo diferente. «É um momento especial nas nossas carreiras, é uma final», acrescentou o médio.

No último fim-de-semana as «águias» sofreram uma derrota inesperada, na recepção ao Vitória de Guimarães. Amorim acredita que a equipa vai dar a volta por cima. «São momentos que acontecem, jogos que correm menos bem», disse o médio, que deixou uma mensagem para os adeptos: «Peço que estejam connosco. Sabemos que é uma fase difícil, depois da derrota com o V. Guimarães, mas sei que vão apoiar-nos como sempre. Os benfiquistas nunca faltam, nestas horas.»