«Foi uma vitória muito importante para mim, depois de tudo o que passei nos últimos anos. É difícil descrever esta vitória. Quando vi que a corrida estava a tornar-se demasiado lenta, tive de assumir a responsabilidade. Tinha de eliminar a probabilidade de um sprint final rápido, onde provavelmente seria batido por muitos corredores», resumiu Rui Silva.