A equipa portuguesa embarcou para a Suíça, por volta das 16h45, e apenas o vice-presidente Amândio Carvalho quebrou o gelo e agradeceu o apoio popular. Depois, os atletas e restantes elementos entraram pela porta VIP e voaram para Genebra. Sem uma declaração, sem um olhar de humildade.

Portugal defronta a África do Sul na próxima terça-feira em Lausanne, depois de ter empatado a zero bolas com a Suécia no último sábado.