Na ressaca das declarações do presidente da Liga, Hermínio Loureiro, sobre a polémica na final da Taça da Liga, o presidente do Sporting lamenta que se considere normal um erro que o próprio julga ser anormal.

«É (um erro) anormal. Não posso dizer que é premeditado porque não tenho provas. Ficámos a saber que esta Liga e este presidente consideram que factos anormais podem ser considerados normais. O Sporting perdeu a esperança de que a Liga faça alguma coisa para apurar a verdade deste erro anormal», disse Filipe Soares Franco, em declarações à Agência Lusa.

O presidente leonino lamenta que Hermínio Loureiro «não tenha entendido os motivos que levaram o Sporting a abandonar a direcção da Liga». «O que o Sporting queria era uma investigação e uma posição da Liga por factos anormais, pois aquilo não é um erro normal», resumiu.