Paulo Sérgio não espera facilidades esta quinta-feira para o segundo embate consecutivo com os belgas do Gent, apesar das duas equipas ocuparem os extremos opostos da classificação do Grupo C da Liga Europa e da recente goleada de Alvalade (5-1). O treinador considera que no primeiro jogo foi a sua equipa que tornou o jogo fácil mas, agora, no Jules Ottenstadion, o treinador define como prioridade garantir, desde já, a qualificação para a próxima fase.

«Espero um jogo difícil, temos respeito pelo adversário que joga em casa e vai nos dificultar a vida ao máximo. O número de golos que podemos marcar não nos interessa minimamente, o nosso objectivo é vencer a partida e garantir a continuidade em prova», destacou o treinador na conferência de imprensa de antevisão da partida.

Paulo Sérgio pediu ainda que dêem «mérito» ao percurso dos leões na Liga Europa, considerando que o «grupo não é assim tão acessível» e que a sua equipa ostenta o estatuto de melhor ataque da competição. O treinador confirmou ainda que, ainda sem Liedson, Matías e Polga, vai promover alterações no onze, mas preferiu não mencionar nomes, confirmando apenas que Tim Hildebrand vai ser o dono da baliza.

«Seja qual for o onze que o Sporting vai apresentar amanhã, será a mesma determinação e ambição. Não alteraremos nada na nossa filosofia e no que queremos para o jogo amanhã. O Gent é uma boa equipa. Conseguimos uma goleada em Alvalade, mas houve muito mérito do Sporting no resultado, por isso esperamos muitas dificuldades no campo deles. É uma equipa forte fisicamente, com um grande potencial nas bolas paradas, tem jogadores muito altos, e que vai exigir muito de nós, muita concentração e competência», destacou.

«Hugo Almeida? Quero é o Liedson, o Pedro Mendes, o Matias e o Polga»

Apesar de admitir colocar em campo jogadores menos utilizados, Paulo Sérgio recusa falar no termo «segundas escolhas». «Não existem segundas escolhas. Para mim, as primeiras escolhas são os jogadores que entram em campo, se quiserem chamar segundas escolhas, são todos segundas escolhas», referiu.

Quanto à possibilidade de Hugo Almeida rumar a Alvalade já em Janeiro, Paulo Sérgio diz que, neste momento, está mais preocupado com os jogadores que estão indisponíveis. «Os jogadores que quero são o Liedson, o Pedro Mendes, o Matias e o Polga. Nesta altura são esses que me preocupam e que quero ver no grupo do Sporting», comentou.