Em Palma, o argentino Messi, numa jogada individual que culminou num chapéu ao compatriota Lux, a dez minutos do fim, garantiu o empate a uma bola e o consequente apuramento dos blaugrana, que foram para intervalo a perder no marcador. O 2-0 de Camp Nou contribuiu para as contas finais.

Também em Bilbao a noite foi de festa para os adeptos, que invadiram o relvado de San Mames para celebrarem a brilhante recuperação do Athletic, que bateu o Sevilha por 3-0, depois de ter perdido a primeira mão por 2-1.

Tudo ficou decidido ainda antes do termo da primeira parte: Javi Martínez abriu a contagem logo aos quatro minutos, Llorente fez o 2-0 aos 34 e, dois minutos depois Toquero, apontou o terceiro para satisfação dos 40 mil espectadores presentes.