Grande exibição do internacional português que esteve em quase todos os lances de perigo criados pelo Zenit, a começar pelo primeiro golo, aos 42 minutos: recebeu uma bola no flanco esquerdo, ganhou espaço e cruzou para o poste mais distante onde estava Semshov que bateu Lehmann com facilidade.

A equipa da Bundesliga ficava obrigada a marcar três golos, mas não conseguiria melhor do que empatar a dez minutos do final, numa iniciativa individual do suplente Gebhart. Um golo que de pouco serviria aos alemães que, seis minutos volvidos, voltariam a deixar escapar Danny que, da esquerda, invadiu a área, deixou Lehmann vir ao seu encontro antes de assistir Viktor Fayzulin que confirmou a qualificação da sensacional equipa russa. O internacional português ainda teve um terceiro golo nos pés, mas estava em posição irregular.

O Zenit vai agora defrontar os italianos da Udinese nos oitavos-de-final.