Paulo Sérgio despediu-se do Vitória com um desaire, falhando o apuramento para a Liga Europa. O treinador vai transitar para o Sporting. Na hora da despedida, lamentou as ausências e a sorte, dando os parabéns ao Marítimo pelo triunfo (1-2):

«É futebol, parabéns ao Marítimo. Era uma das possibilidades que estava em aberto nesta última jornada. Convem não esquecer de onde viemos. Começámos este percurso a dois pontos da linha de água. Há que dar mérito a quem trabalhou. Chegámos à última jornada com quatro elementos afastados em situações duvidosas. Estamos desolados, tristes por não termos conseguido chegar à Liga Europa. Estamos tristes, mas não estamos envergonhados. Assobios? É normal, mas não levo a mal, bem pelo contrário. Se tivéssemos conquistado o quinto lugar, erguiam uma estátua. Foi uma honra servir este clube e lidar com estes adeptos. Compreendo a tristeza deles.»