O AEK Larnaca venceu a primeira mão da terceira pré-eliminatória da Liga Europa na quinta-feira, na deslocação ao terreno do Strum Graz por 2-0, num jogo que ficou marcado por um incidente vindo das bancadas.

Decorria o minuto 77 quando, pouco tempo depois do segundo golo da equipa do Chipre, um adepto atirou uma garrafa para o terreno de jogo, que acabou por atingir o árbitro assistente Fredrik Klyver na cabeça.

O sueco caiu no relvado com a cabeça ensanguentada e precisou de receber assistência médica perante a gravidade do ferimento, tendo sido necessário abandonar o terreno de jogo, depois de ter estado mais de 20 minutos interrompido.

No final do encontro, o clube austríaco emitiu uma nota a condenar o incidente que, ao que tudo indica, foi provocado por um adepto afiliado ao Sturm Graz.

«Lamentamos que hoje tenhamos desapontado muitos adeptos do futebol. Isto prejudica a reputação do futebol, e a nós como clube. Tentamos sempre ver o futebol como uma celebração positiva e banir exatamente este tipo de situações» pode-se ler no comunicado publicado, onde o emblema austríaco ainda acrescentou: «jogo limpo é a nossa máxima prioridade».

Até ao momento, a UEFA ainda não se pronunciou sobre o incidente.

A segunda mão da terceira pré-eliminatória da Liga Europa entre as duas equipas está agendada para a próxima quinta-feira (16), com pontapé de saída marcado para as 16:30 horas no AEK Arena, em Chipre.