O Sporting pode receber um valor próximo dos 30 milhões de euros por William Carvalho, segundo o comunicado que enviou esta sexta-feira à CMVM [Comissão de Mercado de Valores Mobiliários] que dá conta do acordo definido com o Bétis.

Betis confirma William Carvalho

No imediato, o Sporting recebe 16 milhões de euros aos quais se podem juntar mais 4 milhões que estão dependentes de objetivos definidos, tanto para o jogador, como para a equipa sevilhana.

O clube de Alvalade fica ainda com o direito sobre 25 por cento de uma eventual futura transferência, 20 por cento dos quais, poderão ser adquiridos pelo Betis por uma valor predefinido de 10 milhões de euros.

O acordo entre os dois emblemas prevê ainda que caso o Betis garanta a qualificação para a Liga dos Campeões na próxima época, o clube espanhol fica obrigado a comprar mais 10 por cento do passe por 5 milhões de euros.

Comunicado enviado à CMVM:

A SPORTING CLUBE DE PORTUGAL – FUTEBOL, SAD vem, nos termos e para efeitos do cumprimento da obrigação de informação que decorre do disposto no artigo 248º-A, nº1 al. a) do Código dos Valores Mobiliários, informar o mercado que, na presente data, foi celebrado um acordo entre a Sociedade, o jogador William Silva de Carvalho e o clube Real Bétis Balompié, referente à inscrição desportiva do jogador pelo Real Bétis Balompié.

Nos termos do acordo celebrado, a Sporting SAD aceita a inscrição do jogador William Silva de Carvalho pelo Real Bétis Balompié, mediante o pagamento de até € 20.000.000 (vinte milhões de euros), correspondente à soma de um montante fixo de € 16.000.000 (dezasseis milhões de euros) e de um montante de até € 4.000.000,00 (quatro milhões de euros), dependente da concretização de objectivos relacionados com a performance individual do jogador e da própria equipa. 

Adicionalmente a Sporting SAD garantiu o direito a receber 25% dos montantes que o Real Bétis Balompié venha a receber em caso de transferência futura do jogador, 20% dos quais poderão ser adquiridos pelo Real Bétis Balompié por € 10.000.000,00 (dez milhões de euros), sendo que o Real Bétis Balompié se obriga a adquirir 10%, por € 5.000.000,00 (cinco milhões de euros), em caso de qualificação do Clube para a UEFA Champions League.