O técnico dos encarnados sublinhou várias vezes que a equipa minhota está no topo do futebol nacional. 

«Espero um jogo difícil, o campeonato português é sinónimo disso e o Sp. Braga faz frente a qualquer equipa da Liga, nomeadamente às melhores», começou por responder o técnico. 

«O Sp. Braga está nas cinco melhores equipas portuguesas e está mais forte este ano. Tradicionalmente, é difícil jogar em Braga, este ano vai ser ainda mais», declarou o treinador.

Jorge Jesus considerou que o Benfica «tem argumentos para se impor», mas frisou que tem «máximo respeito pelo Sp. Braga».

Os encarnados já defrontaram Arouca, Estoril, Moreirense e V. Setúbal, pelo que o Sp. Braga pode ser considerado o primeiro grande teste após o dérbi com o Sporting?

«Se olharmos para a qualidade do Sp. Braga e para o campeonato que está a fazer, é um jogo de alto risco, mas, por vezes, na prática isso não acontece. O Benfica tem de estar preparado como em todos os jogos que disputou até agora. Não vamos fugir das nossas responsabilidade, daquilo que confiamos do nosso trabalho. Agora, é um teste. Sp. Braga, Sporting, FC Porto, Guimarães fora…são testes para nós assim como para os nossos rivais.»

Foi numa pergunta sobre a má campanha europeia do Benfica transfere maior exigência para o campeonato que Jesus voltou a frisar que a ida ao recinto bracarense é tão complicada como uma partida das competições da UEFA.

«São duas provas [Liga e Liga dos Campeões] muito importantes na calendarização da época, talvez as duas mais importantes das quatro. O que difere é que as exigências do campeonato são grandes nos confrontos com os nossos adversários, mas os jogos da Champions são muito mais intensos do ponto de vista físico e emocional do que na Liga, com exceção de quatro ou cinco jogos, um deles o Sp. Braga. E o Benfica vai ter um jogo à Champions.» 

artigo atualizado: hora original 13h40