O Maisfutebol desafiou os jogadores e treinadores portugueses que atuam no estrangeiro, em vários cantos do mundo, a relatar as suas experiências para os nossos leitores. São as crónicas Made in Portugal:

MÁRCIO SAMPAIO, FK PARTIZANI (ALBÂNIA):

«Caros leitores,

Esta é a última crónica que vos escrevo antes de todos nos partirmos de férias. Eu próprio partirei agora de férias depois de mais um desafio que tive, desta vez em Tirana-Albânia.

De uma forma em geral este desafio correu bem, uma vez que possibilitou o contacto com outra cultura, com outra mentalidade e também a minha primeira experiência como Treinador Principal a uma determinada altura do campeonato.

Foram tempos difíceis, pois lidar com a ‘indisciplina’ dos jogadores torna-se complicado, ainda para mais quando um clube não tem regras definidas como nos por exemplo possuímos em Portugal, onde há regulamentos internos quer do clube, quer do balneário.

Ainda assim, há que retirar coisas positivas desta caminhada que terminou no sábado. Este desafio trouxe-me muitas coisas boas e não tão boas, mas sempre de consciência tranquila, já que deu o meu melhor para ajudar o clube e os jogadores.

Fiquei extremamente agradado com o facto de os adeptos me terem dedicado nestes últimos dias imensas fotografias e imensas mensagens para que na próxima época eu continue no Partizani.

Vou dizer-vos uma coisa: cada equipa tem os seus adeptos mas garanto-vos que os adeptos do Fk Partizani são extremamente especiais, dos melhores do Mundo, algo incrível.

Tirana deixou-me muito boa impressão, deixou-me com vontade de regressar. Começou agora o bom tempo e dá para conhecer um pouco mais a cidade, onde já deixei poucos mas, muito bons amigos.

No clube deixo também algumas amizades, especialmente com o Presidente, pessoa com quem tive um relacionamento muito bom, de entendimento mutuo, lealdade e confiança.

De uma forma geral, foi extremamente positiva a minha passagem pela Albânia, local onde a nossa seleção irá jogar dentro de alguns meses. O mercado albanês deveria ser mais explorado pois possui bons jogadores.

Finalmente, comi o Tubarão sobe o qual escrevi da última vez e posso garantir…muito apetitoso. Agora é tempo de regressar a Portugal e poder descansar. Depois logo veremos, para quando o regresso.

Abraço a todos e até um dia. Obrigado ao Maisfutebol,

Márcio Sampaio»

Conteúdo editado por: Vítor Hugo Alvarenga