Num comunicado publicado no site oficial, o COI informou que o Comité Nacional Olímpico do Kosovo foi criado em 1992 e tem mais de 30 federações nacionais filiadas, 13 delas olímpicas.

O COI considera que o Comité Olímpico do Kosovo cumpre os requisitos estabelecidos na Carta Olímpica para o reconhecimento, tanto de caracter técnico e desportivo, como os relacionados com a definição do país, por ser um estado independente reconhecido pela comunidade internacional.

«A decisão foi adotada pelo Comité Executivo, no interesse dos desportistas do Kosovo e para dissipar a incerteza que podem ter. Vai permitir que participem nas eliminatórias para os Jogos Olímpicos Rio2016 e em edições futuras», explicou o COI.