Atualmente, são 130 os países participantes na Taça Davis. Mas apenas 16, em cada ano, disputam o título numa divisão chamada Grupo Mundial jogada em eliminatórias. Os outros países estão colocados em várias divisões (grupos) incluídas estas em respetivas zonas geográficas (Ásia/Oceânia; Europa; África; e América - Europa e África agrupam-se nos 1º e 2º escalões anteriores ao Grupo Mundial).

Os melhores de cada grupo vão subindo de escalão para o ano seguinte. Os piores de cada ano dentro do seu grupo fazem o percurso inverso. A entrada e saída do Grupo Mundial é ainda decidida num play-off entre primeiros eliminados desta divisão e os vencedores do escalão imediatamente anterior.

As eliminatórias disputam-se em três dias consecutivos onde são jogados quatro encontros de singulares e um de pares. A final da Taça Davis é habitualmente jogada no mês de novembro.

Países vencedores da Taça Davis:

Estados Unidos: 32 (1900, 1902, 1913, 1920, 1921, 1922, 1923, 1924, 1925, 1926, 1937, 1938, 1946, 1947, 1948, 1949, 1954, 1958, 1963, 1968, 1969, 1970, 1971, 1972, 1978, 1979, 1981, 1982, 1990, 1992, 1995 e 2007)

Austrália: 28 (1907, 1908, 1909, 1911, 1914, 1919, 1939, 1950, 1951, 1952, 1953, 1955, 1956, 1957, 1959, 1960, 1961, 1962, 1964, 1965, 1966, 1967, 1973, 1977, 1983, 1986, 1999 e 2003)

Grã-Bretanha: 9 (1903, 1904, 1905, 1906, 1912, 1933, 1934, 1935 e 1936)

França: 9 (1927, 1928, 1929, 1930, 1931, 1932, 1991, 1996 e 2001)

Suécia: 7 (1975, 1984, 1985, 1987, 1994, 1997 e 1988)

Epanha: 5 (2000, 2004, 2008, 2009 e 2011)

Alemanha: 3 (1988, 1989 e 1993)

Rússia: 2 (2002 e 2006)

República Checa: 2 (1980 e 2012)

Itália: 1 (1976)

África do Sul: 1 (1974)

Croácia: 1 (2005)

Sérvia: 1 (2012)

O troféu equivalente no ténis feminino é a Fed Cup.