«Não havia necessidade de passarmos por estes momentos finais. Fizemos uma excelente partida, num campo que é difícil, e onde apenas o Benfica tinha conseguido, e com dificuldade, vencer o Boavista».

«Antes do golo, a nossa vitória já podia ter outros números. O Boavista, que é uma equipa com uma crença enorme, depois de fazer o golo, dificultou-nos o trabalho, mas era muito injusto se não tivéssemos ganho».

«Tínhamos aqui uma estratégia de ter espaço para atacar, por isso convidamos o Boavista a subir as suas linhas. Mas tivemos muitas oportunidades tanto na primeira como na segunda parte».

[Vitória histórica] «É importante sobretudo conquistarmos os três pontos, mas também porque os meus jogadores acreditaram que conseguiam vencer num terreno onde nunca venceram. Além disso, conseguiram à oitava jornada, a melhor classificação de sempre na história do Paços».

[Sobre o facto de Fernando Santos estar a observar o jogo] «Acredito muito nos meus jogadores, mas penso que essa tarefa cabe exclusivamente ao selecionador nacional. Ele tem feito as suas escolhas e tem dado resultados».