«As perspetivas são de um bom jogo, com um adversário difícil, que tem feito uma Liga muito boa. Mas temos uma perspetiva de vitória. Só os três pontos nos interessam.»

«O Marítimo tem um processo de jogo bem definido, tem um avançado com características próprias, forte nos duelos físicos e rápido», acrescentou, referindo-se a Mazoou. «Temos de ter muito cuidado.»

«Sabemos que vamos ter maior domínio de jogo, e por isso temos de estar muito bem colocados, atentos e não deixar o Marítimo sair em contra-ataque.»

O Sporting regressa de resto a casa, depois da derrota com o Chelsea para a Liga dos Campeões, com a garantia que a equipa tem feito melhores resultados fora do que em casa. Os números são uma certeza, aliás, mas Marco Silva não lhes dá importância.

«É um facto que a equipa nos últimos jogos, que têm sido fora, tem feito muitos golos. Isso não tem acontecido nos jogos em casa e esperamos mudar isso.»

No fundo, adverte, tudo tem a ver com o facto de a equipa estar a crescer e parte desse crescimento ter acontecido nos últimos jogos que coincidiram com deslocações.

«Neste momento somos uma equipa muito mais confiante. Somos uma equipa forte quando os adversários são obrigados a vir para dentro do jogo, por isso temos de ter uma entrada forte em campo, mas se não o conseguirmos vamos manter o nosso nível.»